segunda-feira, 26 de setembro de 2011

Educação patrimonial de Jahu - 2011

Para ajudar os professores que estão trabalhando as questões arquitetônicas e históricas das construções jauenses aqui algumas informações colhidas de amigos e colaboradores jauenses.

1º - Santa Casa de Misericórdia de Jahu em 1906






...e a 2ª edificação no mesmo lugar em 1934 com o aspecto atual.



(agradecimentos ao Paulo Campana pelas fotos)

2º Casa na Rua Major Prado esquina com a Visconde do Rio Branco


Informações dadas por Cândido Galvão de França :

Antes de Afonso de Moraes Alves (Afonsinho) lá residia Benedito de Paula de Almeida Prado, casado com Antonieta Botelho de Almeida Prado, avós de Pio, Antonieta, Chico Pio e João Pio de Almeida Prado. Na casa vizinha, na Major Prado, morava Marcelo de Almeida Prado, filho do Senador Vicente Prado, casado com Carolina de Almeida Prado (Tia Nhazinha, irmã de minha avó Cotinha - Maria Conceição)

Informações dadas por Guilherme Valente:

A casa, projeto de Álvaro Carlos de Arruda Botelho, foi construída na década de 1920 pelo Coronel Francisco de Paula A. Prado, filho do Major Prado. Ele era casado com Francisca E. de A. Prado, filha d o Tenente Lourenço de A. Prado. O Cel . Paula Prado fundou junto com o pai a companhia Agrícola Paula Prado em 1891, foi sócio fundador do Banco Melhoramentos, trouxe em conjunto com amigos o colégio dos Padres para Jaú e foi o primeiro presidente do Jahu Clube. Depois da morte do Cel. Paula Prado na década de 1930, a casa ficou para o filho Benedicto de Paula A. Prado e sua esposa Antonieta de A. Botelho A. Prado. Nesta casa a filha do casal , Maria Cecília Botelho de A. Prado casou, e nasceram os 4 netos de Benedito. E também foi onde a neta de Benedicto se casou.O interessante é que o Cel. Paula Prado antes de construir esta casa, construiu a casa ao lado, vendida posteriormente para seu irmão Major Marcelo de A. Prado. Após a morte de Benedicto de A. Prado em 1963, a casa foi vendida para Afonso de Moraes Alves. A viúva Antonieta comprou a casa do Major Marcelo e faleceu lá em 1969. Atualmente esta casa pertence ao Sr. Laurindo Marques.

Nenhum comentário: